aprenda a fotografar com os artigos do cala a boca e clica
Curso de introdução à fotografia do Cala a boca e clica
quais são as melhores cameras para 2013?

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Fotografando recém-nascidos: 1 - O Fundamental


Quem acompanha este site regularmente deve ter percebido que andei meio sumido nestes últimos meses.
Acontece que meu filho nasceu em agosto e, desde então, a vida tem sido uma loucura, aprendendo a nos virar nesta nova missão que é ser pais.

Nada mais inevitável que eu escrevesse também sobre isto, já que a câmera não tem parado de trabalhar, tentando capturar cada instante desta pessoinha que entrou em nossas vidas.

Não pretendo abordar fotografias de recém-nascidos em estúdio, pois sinceramente não tive tempo algum para montar qualquer cenário para isto. Dar de mamar, trocar fraldas, pôr para dormir e ainda tentar trabalhar um pouco tem sido o suficiente para consumir o dia inteiro...

As dicas serão tão somente para que pais babões como eu possam registrar estes momentos incríveis, desde o instante do nascimento, pois estas serão recordações que vocês terão para toda a vida.

O que é necessário?


1 - antes de tudo, um bebê recém-nascido. Na terminologia médica, um recém-nascido é um bebê com até 28 dias de idade.

2 - uma câmera fotográfica com modo manual. Flash não é necessário, tampouco recomendado. Uma lente com grande abertura (como f/1.8) pode ser um dos segredos para imagens inesquecíveis.

3 - muita paciência.

A Hora do Parto

Minha esposa não queria que eu tirasse fotos do parto com uma câmera Reflex, pois ela preferia que eu ficasse ao lado dela dando apoio, ao invés de ficar procurando os melhores ângulos para fotografar.
E, sinceramente, para quem você mostrará as fotos da cabeça do bebê saindo (principalmente se for parto normal)?

Na verdade, mesmo se quiséssemos, acabamos não tendo tempo algum de pegar a câmera no carro, pois, quando chegamos ao hospital, minha esposa estava com 10cm de dilatação, ou seja, foi chegar e ir direto para a sala de parto.
Temos algumas imagens com uma câmera compacta, mas como estava escuro na sala de parto, serão imagens somente para guardamos como recordação do momento, pois mal dá para ver alguma coisa...

Ainda no Hospital


Fique atento para qualquer situação importante já no hospital, como o bebê mamando pela primeira vez, o primeiro banho, quando ele abrir os olhos (geralmente estará vesgo, mas fica normal depois de alguns dias), quando ele estiver dormindo no colo da mãe, das visitas e dos presentes que recebeu.

Não se esqueça também de registrar a saída do hospital, quando o bebê sair pela primeira vez para este mundo insano.

Compreendendo as limitações dos recém-nascidos

Fotografar um recém-nascido não é o mesmo que fotografar um adulto ou, até mesmo, uma criança maior.
Primeiro, porque eles não ficam muito tempo acordados, ou seja, boa parte das fotos pegará eles dormindo, ou nos poucos minutos que eles estão desperto (e que não estejam chorando).
Depois, porque as possibilidades são bastante limitadas. Há um rol limitado de poses, a maioria das fotos será com o bebê deitado ou no colo de alguém.
Trocar muito a roupa pode deixar o bebê irritado e choroso, o que já põe um ponto-final na sessão de fotos.
Por isto, é preciso paciência e deixar a câmera sempre à mão, para flagrar qualquer atividade diferente.

Nas próximas partes, veremos algumas dicas mais específicas para fotografar recém-nascidos.

***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.