quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Efeito zoom - técnicas ridículas com sua câmera que muita gente adora


Há um bom tempo que estou ensaiando escrever este artigo sobre algumas das técnicas mais ridículas da fotografia, mas que muita gente adora.
Várias delas são divertidas para se fazer com amigos, como brincadeira mesmo, outras são simplesmente ridículas e me surpreendo quando vendo fotógrafos profissionais incluindo tais imagens em seus portifólios.

Efeito Zoom


Na minha opinião, uma das técnicas mais horrendas da fotografia é conhecida como "efeito zoom". Que consiste basicamente em dar zoom (aproximando ou afastando) enquanto fotografa algum objeto ou paisagem.

Para isto, você precisa usar uma velocidade do obturador mais lenta, mas com a qual ainda possa fotografar sem tripé, sendo que o ideal é entre 1/15 e 1 segundo.
Nas duas fotos acima, usei a velocidade do obturador em 1/5, ou seja, tempo suficiente para dar este visual psicodélico dos anos 70.

A técnica é simplérrima: você aperta o botão do obturador e, quase simultaneamente, dá zoom na lente (para isto, você precisará de uma câmera Reflex ou de alguma com dial de zoom na própria lente, e com Modo Manual ou com Shutter Priority).

O resultado será alguma aberração como as que tirei.

Está uma técnica que nunca tinha aplicado antes, e que certamente nunca mais usarei em minha vida.

Agora, se você gostou e conseguiu obter alguma foto decente com "efeito zoom", crie coragem e compartilhe conosco em nosso grupo do Flickr.

http://www.flickr.com/groups/calabocaeclica/


***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Adoro seu Blog.
    Eu gosto dessas "ténicas ridículas"...rsrsrsrsr tem mais alguma pra ensinar pra gente?
    Vanuza Levandoski.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em breve eu apresentarei outras técnicas ridículas... :D

      Abraços.

      Excluir
  2. Caro Henry, a técnica pode ser ridicula, mas do ponto de vista de arte porque não fazer?
    Apenas devemos escolher um motivo apropriado ( este seu não foi dos melhores, me desculpe ).
    Quando uso esta técnica,prefiro fazer a noite em locais com fontes de luz diferentes, ou escolho vitrais ou letreiros em neon.
    Tudo vai do gosto de quem fotografa e de quem recebe a mensagem.
    Não sejamos tão radicais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É óbvio que o título do artigo é uma brincadeira, pois cada um faz o uso da técnica como desejar.
      Eu não uso o "efeito zoom", não gosto e até hoje não vi nenhum resultado decente, mas sei de muita gente que acha genial, mesmo que as fotos sejam, na maioria esmagadora das vezes, pavorosas.

      Mas "gosto não se discute", não é o que dizem?

      E se estivermos falando de "Arte", algo tão abstrato para o qual ninguém possui uma definição razoável, acho que a foto da minha cachorra com efeito zoom dá um baile em muita obra moderna e contemporânea que já vi no MoMA ou no Guggenheim. Já vi até merda em potinho sendo considerado arte (vide "Artist's shit" de Piero Manzoni).

      Abraços.

      Excluir
  3. Olá, Henry
    Iniciei meus estudos na fotografia em seu blog, e para mim foi uma sorte, porque experimentei um conteúdo de qualidade e bem equilibrado entre técnica do uso dos elementos da máquina fotográfica e também das técnicas de composição, que na minha opinião, é o que nos possibilita ir além.
    Pelo exposto acima e pelo seu currículo na literatura, filosofia e fotografia, respeito o que escreve, mas visto a polêmica que o artigo criou gostaria de lembrar o nome do fotógrafo Ernst Haas, que é conhecido com pai da fotografia colorida e em movimento. Não conheço fotos dele com a técnica do zoom, porém já vi muitas outra que podem inspirar fotógrafos que desejam fazer fotos artísticas em movimento.
    Meu site: www.lobofoto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, João.

      Não duvido que seja possível obter boas fotos com as técnicas (ou equipamentos) mais esdrúxulas possíveis. Tem gente que consegue, mas a maioria não.

      Há uma linha muito tênue entre ser genial e ser vergonhoso, limite que muitos não compreendem. Já vi fotos de casamento com efeito zoom, o que não deixa de ser patético e absurdo, ao mesmo tempo.

      Por outro lado, isto não está escrito em pedra, alguém pode chegar e provar que estou completamente equivocado e obrigado por seu comentário...

      Abraços.

      Excluir
  4. Boa noite Henry.
    Certamente o título foi uma jogada de marketing, e acreditando nisso, respeito, porém achei o conjunto do título, texto e dos seus comentários, extremamente arrogante. Apesar de expressar a sua opinião, achei desnecessário o uso de palavras que menosprezam, a técnica e os trabalhos de toda a "maioria esmagadora".
    Agora vou com todo o respeito, expressar a minha opinião sobre o seu post e a impressão que tiver sobre você. Em primeiro lugar, é visível que não dominou o mínimo necessário para realizar uma boa foto com a técnica de zooming. Em segundo lugar, 1/5 não é meio segundo e sim um quinto de segundo. Um pouco antes, disse que a velocidade mínima para fotografar sem tripé é um segundo, então te desafio a fazer uma foto, sem tremer nada com a velocidade de 1 segundo. "Amigo", vai sugar um pouco mais, antes de se sentir um gênio a ponto de menosprezar uma técnica e todos is trabalhos com ela realizados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece-me que você, anônimo, deve ser um dos (profissionais?!) que adora estas técnicas ridículas...

      Pois bem.

      Excluir