segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Comprando uma câmera fotográfica usada - algumas recomendações práticas


Comprar uma câmera fotográfica usada é uma ótima maneira para economizar e, ao mesmo tempo, ter acesso a um bom equipamento.

Mesmo assim, é preciso ter cautela para encontrar uma câmeta em bom estado e que ainda possa ser utilizada por vários anos pela frente.

Por que comprar uma câmera usada?

Antes de tudo, desconfie deste frenesi tecnológico. Todos os anos são lançados novos modelos de câmeras digitais, muitas vezes com inovações pouco significativas.

É como comprar um carro.
Se você comprar um carro novo, você terá garantia e a certeza de que o automóvel está em boas condições. No entanto, você pagará um preço MUITO mais alto por isto, além de que um carro novo se desvaloriza rapidamente.
O mesmo ocorre com as câmeras fotográficas. Você compra o último modelo hoje e, ano que vem, ela já está ultrapassada, e o valor de mercado dela cai, à vezes, pela metade.

Os dois fatores primordiais para alguém se interessar por uma câmera usada são:
1 - o preço, pois uma câmera usada pode custar muito mais em conta do que um lançamento, e
2 - às vezes, pelo valor de um modelo inferior novo, você pode comprar um equipamento melhor, mas usado.

Cuidados na hora de comprar uma câmera digital usada


1 - pesquise bastante

Antes de sair comprando a primeira câmera usada que você encontrar, pesquise bastante os preços e as condições por aí.
O valor de câmeras usadas, mesmo para modelos idênticos, oscila muito. Você pode encontrar uma câmera por 500 dólares e, com outro vendedor, para a mesma câmera, por 250 dólares.

E isto não quer dizer que uma esteja em melhor estado que a outra. Às vezes, o vendedor está apenas desesperado para se desfazer do equipamento, precisando da grana, e, para acelerar a venda, põe o preço muito abaixo.

Ao pesquisar os preços e modelos, você terá uma noção de qual é o preço médio e de quanto você terá de desembolsar. Além disto, esta variação de preços também lhe dará poder de barganha, pois você sempre poderá dizer: "olha, mas eu vi esta mesma câmera mais barata em outro lugar".

2 - o estado da câmera diz muito

Imagino que você não vai querer comprar uma câmera toda detonada, riscada e suja. O estado cosmético, isto é, a aparência da câmera, não é tudo, mas o ajudará a perceber a que tipo de uso o equipamento foi submetido.

Se você estiver comprando online, sem poder olhar a câmera, o ideal é pedir para o vendedor lhe enviar várias fotos, em vários ângulos diferentes, do equipamento, para você poder julgar melhor as condições.

3 - o número de cliques é fundamental

Quando você põe a mão no bolso para investir em equipamento fotográfico, você espera que esta câmera dure alguns anos pela frente.
Por isto, é importantíssimo saber um número aproximado de cliques da câmera fotográfica pela qual você está interessado, pois há o desgaste do obturador.
Todo vendedor de câmeras usadas deveria lhe fornecer estes números, assim você pode estimar a vida útil da câmera, mesmo que isto não seja uma regra exata.

4 - saiba se tem algum tipo de garantia

Geralmente, quando você compra uma câmera usada, não há nenhum tipo de garantia, ou seja, se ela der pau, é você quem terá de arcar com o conserto.
No entanto, ocasionalmente, caso a câmera usada tenha menos de um ano de uso, a garantia do fabricante ainda é válida, e esta é sempre uma informação importante se ocorrer algum problema.

Além disto, em lojas que revendem câmeras usadas, é de praxe dar uma garantia da loja, às vezes de 30 dias, ou até 90 dias. Informe-se com o vendedor.

5 - quão antiga pode ser a câmera?

As câmeras digitais se tornam obsoletas muito rapidamente. Os saltos tecnológicos implicam em aumento de resolução (megapixels), de ISO, de qualidade de vídeo, e assim por diante.
Contudo, o básico da fotografia, como enquadramento e uso manual das funções serão os mesmos numa câmera digital de hoje e numa de 2003.

Se o importante para você é aprender os princípios da fotografia, sem muito frufru nem pirotecnias, talvez seja interessante comprar uma câmera bem mais antiga e que não pesará no seu bolso. Depois, caso você queira se profissionalizar, então será a hora de investir mais pesado.

Inclusive, alguns modelos profissionais antigos ainda dão um baile em modelos introdutórios de hoje, ou seja, é algo a se pensar se você quiser ter em mãos uma câmera impressionante de verdade.

Só lembrando que, para a maior parte de usos das imagens, uma câmera com resolução de 8 megapixels já é mais do que o suficiente.

6 - com ou sem lente?

Quando você compra uma câmera digital usada, mas um pouco mais avançada, comumente ela será vendida sem a lente, ou seja, ou você compra a lente à parte, ou já possui uma que seja compatível com a marca e modelo da câmera.

Isto ocorre porque, com os modelos profissionais de câmeras, os fotógrafos preferem as melhores lentes possíveis, ou seja, elas podem não vir com lentes do kit como com os modelos introdutórios.

Neste caso, não basta ter somente dinheiro para comprar a câmera, é preciso incluir o preço de uma lente no orçamento.

Também certifique-se se o equipamento vem com todos os acessórios necessários, como cabos USB, baterias, manual e CD de instalação; se estiver faltando alguma coisa, peça um desconto.

7 - encontre formas de pagamento confiáveis

Se você estiver comprando a câmera numa loja, não haverá grandes problemas.

No entanto, se você estiver comprando a câmera de uma pessoa física, projeta-se pagando o equipamento através de métodos confiáveis, isto é, de um modo que, se por acaso for um golpe, você terá como reaver o dinheiro. O Paypal é uma das alternativas, por exemplo.

E que fazer na hora e depois de comprar a câmera?


Se você estiver comprando pessoalmente, peça para testar o equipamento. Tire algumas fotos e confira se está tudo OK com a lente, se não há arranhões. Certifique-se do estado do visor digital.

Caso você compre pela internet, faça esta conferência assim que receber a câmera.

Eu por exemplo, raramento compro câmeras novas. Para mim, esta histeria pelo último modelo é uma grande besteira, principalmente porque boas fotos são trabalhos de bons fotógrafos; a câmera é apenas uma ferramenta.

Por fim, é só sair fotografando e revelando ao mundo o seu olhar.


***
Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Cara, que site excepcional!

    Estou acompanhando seus artigos e implementando suas dicas, usando controles manuais na minha
    LUMIX FZ28 da Panasonic.
    Já estou querendo me aventurar com uma SLR e pretendo adquirir:

    - CANON T4i com lente 18-55mm
    - Lente CANON 50MM f1.4
    - Filtro UV Tiffen
    - Flash externo pequeno, qual??

    Pensei em trocar a lente do kit pela 18-135mm, mas mudei de idéia, pois achei ela muito grande.

    Vou usar a câmera para fotos da minha filha e registro de viagens. Gosto daquelas fotos comuns, do tipo "eu e torre Eiffel ao fundo"..hehe.. Como gosto de fotos de corpo inteiro, preciso dos 18mm para não ter que andar para trás e deixar minha distância à da pessoa retratada muito grande, fazendo ficar muito pequena.
    Vou utilizar a de 50mm para retratos e escolhi a f1.4, pois vi que, apesar de ser bem mais cara que a f1.8, ela tem maior tempo de vida, pois é de um material melhor...
    E quando precisar de muito alcance?
    Acho que usarei minha Lumix, pois tem zoom ótico excepcional, lente LEICA e menor que uma lente de 200-300mm..
    O que vc acha?

    Quero comprar uma backpack para ela, mas acho as mochilas de fotógrafos grandes e chamam muito atenção. O ladrão "especializado" olha e sabe que tem uma DSLR com lentes ali dentro..
    Me recomenda algum modelo especial? Uma sling?


    Queria comprar um flash externo (pequeno) e que faça as configurações de forma automática..

    Exemplo: Estou em Paris, no campo de Marte, de noite, e quero tirar uma foto de corpo inteiro da minha esposa e com a torre inteira iluminada.
    Imagino que usarei 18mm, ISO alto, lente bem aberta,velocidade baixa e tripé. E o flash???
    Tem solução? Qual comprar? Em quais situações fotógrafos amadores precisamos de flash externo?

    Me corrija, se falei alguma besteira..hehe..

    Grande abraço e parabéns pelo excelente trabalho!

    Rodrigo


    ResponderExcluir
  2. Rodrigo boa tarde;

    Qual a melhor câmera Nikon? D4, D3200, SLR?
    Estou buscando iniciar no mundo das fotografias por hobby porém, estou buscando os itens top de linha por defasarem ao longo dos anos.
    Meu foco são fotos do cotidiano.
    Não conheço nada ainda, porém estou buscando cursos de introdução e etc em fotografia e artes.
    Sei que existem muitas técnicas e não basta ter equipamentos de ponta.

    Pode me auxiliar?

    Abraços.

    Att.
    Leonardo Guilherme Adão

    ResponderExcluir
  3. Henry,
    adorei seu blog! Estou começando a me interessar pro fotografia, no entanto, meu hobby mesmo sempre foi a filmagem. Depois que minha filmadora ficou ultrapassada e vi a qualidade da filmagem de um semi-pro, comecei a pensar em comprar uma. Assim, o que eu precisava mesmo é de uma câmera com bom snapshot,me permitisse mudar o foco durante a filmagem e permitisse gravar vídeos mais longos (pelo que pesquisei, muitas gravam clipes de até 10 min). Tem algum modelo para me indicar?

    Muito obrigada! Um abraço,
    Heloisa (helofuchs@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  4. Nesse mome to nao estou podendo comprar uma camera zerada, por isso adorei seu post. Gostaria de alguma indicação de sites confiaveis para comprar uma camera profissional usada... Pode me responder por email? lydiadrago@hotmail.com

    ResponderExcluir