sexta-feira, 8 de junho de 2012

Dúvida do leitor - Os ajustes introduzidos (brilho, contraste e saturação) alteram de alguma forma a resolução ou "granulação" da imagem?

No artigo O que é brilho, contraste e saturação?, o leitor Roberto propôs uma série de indagações sobre pós-processamento, então, nos próximos artigos do Cala a Boca e Clica! exploraremos mais a fundo tais questões, começando por:

Os ajustes introduzidos (brilho, contraste e saturação) alteram de alguma forma a resolução ou "granulação" da imagem?

Antes de tudo, temos de fazer uma distinção entre "resolução" e "granulação".

Como já explicamos em Quanto mais megapixels melhor, né?, resolução indica o número de pixels, ou os pontinhos que compõem a imagem.
A princípio, o pós-processamento de uma foto não afeta em nada a resolução da imagem, que depende exclusivamente da resolução da câmera, indicada em megapixels.
Só haverá uma perda de resolução caso haja recortes na foto. Quanto maior for o recorte, maior será a perda da resolução, até um estágio em que a foto começa a ficar pixelada, ou seja, você começa a perceber o pontos.

Já a granulação, ou ruído digital (ler O que é ruído digital e como ele pode afetar minhas fotos?), depende principalmente do ISO utilizado na hora de se fotografar. Quanto maior for o ISO, maior serão os grânulos (se for filme fotográfico) ou mais visível será o ruído digital.

Veja a imagem a seguir, tirada em .JPEG, sem processamento, como saiu diretamente da câmera, tirada em ISO 100.


Como usamos um ISO bastante baixo, mesmo numa situação com pouca luminosidade, o ruído digital é pouco perceptível.

Num recorte em 100% podemos perceber isto melhor.


Se a imagem não parece estar tão nítida, isto se deve a dois fatores: 1 - a lente usada não era das melhores, e 2 - não houve nenhuma correção de nitidez.


Nesta segunda imagem, editada e com pequenos ajustes de contraste, brilho e saturação, podemos perceber que os ponteiros do relógio estão um pouco mais escuros e o lustre mais destacado.


Num recorte em 100%, é evidente que não houve nenhuma perda de resolução, nem alteração na granulação, pois, como foi dito, em ISO 100 o ruído digital é quase imperceptível.
Na comparação, podemos ver as diferenças entre a foto original e a editada após os ajustes de brilho, contraste e saturação.

No entanto, a coisa muda um pouco de figura quando trabalhamos com fotos tiradas com ISO alto, pois o ruído digital pode ser bastante discernível, mesmo quando não realizamos grandes recortes.

Veja a foto abaixo, sem edição, tirada em ISO 800.


Se você prestar bem atenção, poderá reparar, especialmente no metrô em movimento, o ruído digital, mas isto ficará mais claro no recorte em 100%, abaixo.


Como utilizamos um ISO bastante alto, não há como escapar do ruído digital, que pode até ser corrigido um pouco no pós-processamento, quase sempre comprometendo um pouco a nitidez.


Nesta outra foto, fizemos alguns ajustes de brilho, contraste e saturação e você poderá constatar que tanto o trem quanto o pilar da estação ficaram mais destacados.


Na ampliação em 100%, fica muito mais evidente o aumento ruído digital, causado principalmente por causa do ajuste na saturação.


Agora, se puxarmos a barra de saturação ao máximo, obteremos uma imagem como a acima, com as cores bastante artificiais e, por causa do ISO alto, com o ruído digital gritando.


Ao ampliarmos a foto, até se parece com uma pintura moderna e abstrata.


Por fim, fizemos a comparação entre as três fotos: a original, a com processamento leve e a com saturação excessiva.

Então, respondendo a dúvida do Roberto.

Os ajustes de brilho, contraste e saturação não afetam a resolução da foto, mas podem afetar no ruído digital, principalmente em fotos tiradas com ISO alto.


***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Olá!! Bom dia para o dia todo!
    Acabei de comprar seu livro de introdução à fotografia. Não que eu queira ser fotógrafa, mas é que eu gosto de tirar fotos de familiares, viagens,...gosto de registrar. Mas o que acontece na maioria das vezes é que eu tenho momentos incríveis para registrar, mas estrago tudo na cam. Comprei um Nikon semi profissional. Nikon coolpix P500. Comprei por indicação do vendedor, porque na verdade eu não entendo de nada :) Daí, na lente da camera vem escrito assim 44-144mm (ainda não sei o que são os tals do mm) e também vem 3.5-5.6 e ainda 36zoom ótico. Acho que a máquina é muito boa porque mesmo sem eu entender nada deluz e abertura e obturador e velocidade as fotos estão saindo mais decentes. Como vc diz aqui em algum momento (andei lendo algumas coisas aqui) é importante ler o manual. Eu o li todo. Posso enviar para vc se vc quiser dar uma olhadinha. Foi no manual que eu descobrir o que é iso. O iso da minha máquina é de 160 a 3.500. e abertura máxima é de f3.5 Ontem eu tentei muuuuuuuuito fazer uma foto com fundo desfocado, mas não consegui nada. Baixei o iso para o mínimo, coloquei o obturador para 1/200 e f3.4 (que é o mínimo que ela chega)...resultado. fotos absurdamente nídidas. Eu queria saber se meu equipamento permite fazer fotos de fundo desfocado. Se vc disser que sim, eu vou tentar até conseguir. O que li foi que para desforcar o fundo é precido de uma abertura igual ou maior que f2 (é verdade?) Você sabe porque que minha camera muda a abertura quando eu dou o zoom? Ela muda tudo automaticamente mesmo no modo manual. Adorei seu blog e estou aguardando o PDF do curso. Abraços daqui dessa amazônia quente e inundada de chuva e de cheia. Sue

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su.

      Ainda vou escrever um artigo sobre como fazer o bokeh (o desfocado) com câmeras compactas. Já adianto que o resultado nunca será tão bom quanto com uma Reflex.

      Abraços.

      Excluir
    2. Acabei de ler o artigo. Muito bom!:)

      Abraços!

      Sue

      Excluir
  2. Olá, Henry,

    Grato pela referência e pelos esclarecimentos! Grande abraço.

    Roberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada, Roberto, ainda responderei suas outras dúvidas em artigos futuros.

      Abraços.

      Excluir
  3. Você é fã desse relógio da Grand Central, o lugar inteiro é muito bonito, mas admito que o relógio tem seu charme...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. A Grand Central é incrível, mas os detalhes são mais maravilhosos ainda.

      Abraços.

      Excluir