quarta-feira, 18 de abril de 2012

Curso de Iluminação Artificial - escolhendo o melhor tipo de iluminação para você

(Foto por alex deforest, bryce moseley & katie weilbacher: http://www.flickr.com/photos/katiew/336770775/)

Se você pretende um dia se tornar um fotógrafo profissional, daqueles que fazem books, ensaios, ou cobrem casamentos, você logo descobrirá que, antes de tudo, você terá de investir um pouco (ou muito) para entrar nesta carreira, isto significa comprar boas câmeras e lentes, fazer bons cursos e também saber escolher bem seus acessórios, como o tipo de iluminação que utilizará.

Strobes de estúdio


Para quem possui um bom espaço físico para montar um estúdio, talvez adquirir um conjunto de iluminação de strobes seja uma ótima opção.

A vantagem dos strobes de estúdio é que eles geralmente tem maior potência, menor tempo de reclicagem (isto é, você pode tirar mais fotos seguidas, sem precisar aguardar muito pela recarga) e um maior número de modificadores, como sombrinhas, softboxes, grids e honeycombs. Este é um grande passo rumo à profissionalização.
Além disto, os strobes possuem luz de modelagem, que é um feixe contínuo de luz que lhe permitirá visualizar como os flashes iluminarão o modelo retratado.

No entanto, uma das grandes desvantagens deste tipo de set é a mobilidade. Geralmente, os kits de iluminação para estúdio são desengonçados, pesados e ocupam bastante espaço, o que pode ser um obstáculo se você quiser fotografar ao ar livre ou fora de seu estúdio.
Além disto, muitas vezes você necessitará de um fotômetro manual para medir corretamente a luz e obter os melhores resultados.

Existem duas modalidades de strobes para estúdio: 1 - com power pack, ou 2 - monolights.

1 - Com power pack
Kits de iluminação com power pack (como da imagem acima) possuem uma espécie de bateria, na qual você conecta e controla a potência dos strobes, ou aproximando e afastando as luzes. A potência dos power packs é medida em watts por segundo, ou W/s, e ela será distribuída igualmente, ou como você definir, entre o número de luzes utilizadas.
Por exemplo, se você tem um power pack de 500 W/s e duas luzes, cada uma terá a potência de 250 W/s, que é mais do que o suficiente para a maioria das situações.

2 - monolight


Monolights partem do mesmo princípio dos strobes com power pack, só que, neste caso, a bateria está diretamente na luz, de onde você pode controlar a potência. Esta é uma boa alternativa para quem está começando, já que um conjunto com dois monolights costuma custar mais barato do que um kit com power pack, e quebra um galhão.

Flashes externos


Esta modalidade de iluminação nada mais é do que o flash de sua câmera só que com maior potência e versatilidade.
Bons flashes externos podem custar caros, às vezes até mais caros do que alguns kits de strobes para estúdio, mas sempre é possível comprar um de uma marca inferior e brincar com eles.
Mas cuidado antes de conectar um flash made in China em sua câmera! Alguns podem fritar seu equipamento em dois tempos...

A minha recomendação é sempre comprar os flashes do mesmo fabricante de sua câmera, seja Canon ou Nikon, mesmo que isto doa um pouco no bolso. Dê também uma olhada em flashes de segunda-mão, ou de modelos anteriores, o que pode representar uma economia significativa.

A vantagem dos flashes externos é a mobilidade e a versatilidade. Você pode dependurar um destes flashezinhos em virtualmente qualquer lugar e iluminar seu objeto de maneiras que nunca imaginou. Eles são pequenos, leves e práticos, e simples de usar.
Quase todos os flashes modernos possuem um sistema de medição automática de luz, o que facilita bastante a vida do fotógrafo. Basta compor a foto e clicar, que o próprio flash avalia a quantidade de luz necessária.
É o ideal para fotógrafos de eventos, que precisam de praticidade e se movimentam bastante.

Por outro lado, as desvantagens são a pouca potência, o tempo de reciclagem mais lento e a vida curta das pilhas. De repente você está disparando o flash, e meia dúzia de cliques depois, a pilha já acabou. Além disto, há poucos modificadores para flashes externos, ou você terá de ser bastante criativo.
Outro probleminha é que não possuem luz de modelagem contínua (até existe uma função para isto, mas come bateria à doidado!), ou seja, você só saberá como ficou a iluminação depois de ter tirado a foto.

Luzes quentes


As luzes quentes funcionam basicamente como as lâmpadas incandescentes da sua casa, de um abajur ou luminária, só que são mais potentes e, consequentemente, mais quentes. Assemelham-se às luzes contínuas utilizadas por cinegrafistas.
Este é o tipo de iluminação mais barata possível, apesar de bastante limitadora. Não é tão fácil congelar o movimento com este tipo de iluminação e o estúdio pode virar uma fornalha.

Não é a mais recomendada para uso profissional, apesar de ter seus adeptos.

Antes de comprar um equipamento de iluminação

Pense exatamente quais são as suas necessidades antes de sair gastando seu dinheiro em equipamentos caros de iluminação:

1 - você tem um local específico para montar seu estúdio, ou precisa de uma luz leve que possa ser carregada para qualquer lugar?

2 - você quer potência e velocidade, ou praticidade e mobilidade?

3 - você fotografará modelos estáticos, ou precisará congelar movimento e perseguir a pessoa retratada?

4 - pode gastar muito, ou a grana está contada?

Pese estes quatro quesitos e veja quais dos três tipos de iluminação, strobes, flashes ou luz quente, satisfazem melhor suas exigências.

Iluminação artificial em fotografia é fascinante e bem utilizada pode criar imagens magníficas.

Imagens: divulgação

***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Olá Henry.
    Será que me pode dar uma ajuda?
    Acabei de comprar uma bridge,a Canon PowerShot SX40 HS. Sou uma simples amadora, que tem como finalidade, fotografar a natureza(grandes e pequenos planos), bem como as crianças da família e a minha cadela.
    Acha que fiz uma boa compra?

    Obrigada.

    Luísa.

    ResponderExcluir
  2. Oi Henry.

    Li todo os artigos publicados no "cala boca e clica" e nunca tinha ouvido falar da tabela sunny 16, até fiz uma e plastifiquei para levar comigo quando for tirar foto. Parabéns pelo trabalho e obrigada por passar seu conhecimento adiante. Gostaria também de parabenizar a sua esposa, pois sei que o apoio da família é tudo na vida de um fotógrafo.

    Desejo ainda mais sucesso e fico aguardando os próximos artigos sobre iluminação.
    Heloisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Heloísa.

      Fico feliz que o calabocaeclica.com tenha lhe apresentado algo novo e, na minha opinião, bastante útil como a tabela sunny-16, como eu disse, geralmente eu regulo minha câmera mesmo antes de conferir o fotômetro, e raramente erro.

      A Denise é realmente meu grande apoio e minha maior fã. ;)

      Abraços.

      Excluir
  3. Para essa finalidade a escolha foi boa.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada "Anónimo".

    Luísa.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Henry! Será que vc poderia me ajudar em relação a fotografia de comida?
    Meu irmão ta montando um negocio e precisa de umas fotos de sushis. Pra isso, preciso comprar uma fonte adequada de luz continua e estou sem saber qual comprar.
    Usarei uma fonte de luz vinda por trás e espelhos na frente, pra refletir a luz sobre o alimento, mas nao sei qual a iluminacao adequada.
    Um mako Quartz light 300 - 600

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa.

      Mas precisa ser luz contínua? Não pode ser um flash rebatido? Ou uma janela com um refletor para luz de preenchimento?

      Excluir
  6. Continuando..
    Seria suficiente pra mim? Alias, seria adequado.
    Como pode ver, trabalho com fotografia de pessoas, mas estou precisando fazer essas e outras fotos do estilo pra meu irmão.
    Pretendo fazer um curso
    Em julho, mas as fotos seriam feitas inicio do mês.
    Queria comprar um equipamento q me permitisse trabalhar, mas que nao fosse muito caro, pois nao pretendo trabalhar nessa área.
    Tem a opção mais em conta da mako o digital light. Será que me serviria?! Ou seria melhor pagar um pouco a mais e comprar logo o Quartz light.
    Fora isso ainda tem o tripé pra iluminacao.
    Se puder me ajudar, agradeço imensamente.
    Preciso comprar o equipamento essa semana.
    Bjos e obrigada

    ResponderExcluir