domingo, 10 de abril de 2011

Qual é a melhor câmera fotográfica? - Parte 3 (Câmeras de filme)

3D Photo Fail

Já falamos dos tipos de câmeras digitais amadoras e profissionais, mas agora veremos algo que pode parecer inusitado em pleno século XXI: câmeras de filme.

- Mas alguém ainda fotografa com filme? - você pode me perguntar, e a resposta não é exatamente tão simples.
Profissionalmente, filme tem se tornado cada dia mais inviável. Os custos são altos, tanto para filmes de qualidade quanto para revelação, não há o benefício de se acompanhar em tempo real um ensaio fotográfico através do visor da câmera ou de um computador, sem contar o risco de se perder um filme inteiro por mal exposição, ou queimá-lo ao abrir incorretamente a câmera.
Ainda existem os puristas, geralmente fotógrafos pré-era digital, que utilizam suas Leicas com 30 anos de fabricação para fotodocumentários na África, ou ainda utilizam Mamiyas ou Hasselblads de filme para ensaios em estúdio, mas quase a totalidade dos profissionais já migrou para câmeras digitais.
É muito mais simples, rápido e, em muitos casos, mais barato também.

The Go Getter

Por que então comprar uma câmera de filme?

Consigo pensar em algumas razões:

1 - porque é a certeza de estar realmente aprendendo fotografia.
Não entraremos na discussão tola de "verdadeira fotografia", estou apenas falando que, com uma câmera de filme, você não tem todas as facilidades que uma câmera digital proporciona. Você só saberá se tirou fotos boas dias ou semanas depois, quando houver revelado o rolo fotográfico.
Por isto, você tem de saber muito bem qual é a configuração adequada, a melhor exposição e o melhor enquadramento, antes de apertar o botão.
Enquanto que na era digital o lema é "cala a boca e clica!", na era do filme deveria ser "cala a boca, presta atenção, pensa e clica!", pois, num filme, você tem 24 ou 36 chances de acertar, depois disto, tem de trocar para outro rolo e prosseguir.
Não é à toa que nas escolas de fotografia dos EUA, muitos professores recomendam comprar, além de uma câmera digital, também uma de filme, para que os alunos descubram como a fotografia pode ser tão simples e complexa ao mesmo tempo, e aprender todas as estapas da fotografia até a revelação.

2 - porque são câmeras que durarão por toda a sua vida.
Como já disse anteriormente, as câmeras digitais tem uma vida útil muito breve, de poucos anos. No entanto, câmeras de filme são extremamente duradouras e dificilmente se tornam obsoletas. Há câmeras por aí com mais de 100 anos e que funcionam perfeitamente. Algumas das melhores tem mais de 50 anos e ainda dão um baile em câmeras digitais profissionais fabricadas ontem!
Sem contar que possuem algumas das lentes mais perfeitas jamais fabricadas.
Uma Leica M3, símbolo da fotografia de rua de Cartier-Bresson, ainda pode obter fotografias magníficas nas mãos de alguém que entenda do assunto.
São equipamentos atemporais e, por mais que um dia não exista mais filme para se comprar ou onde revelá-los, serão relíquias e itens de colecionadores e poderão valer uma fortuna!

3 - porque é divertido!
Em nossa época tudo é tão rápido e instantâneo que deixamos de dar valor ao que demanda tempo e concentração. A fotografia de filme exige que paremos e pensemos, que esperemos, e que voltemos a uma outra época sem computadores, photoshop, ou internet.
É muito divertido sair com uma câmera de filme no pescoço e ver a reação das pessoas, assim como é gratificante checar o negativo e ver que obteve boas fotos.
Somente assim é que presenciamos o milagre da fotografia, da escrita com a luz, da simplicidade que com o tempo se perdeu... É lindo!

Depois de todo este saudosismo (vale ressaltar que sou um fotógrafo digital 99% do tempo!), vejamos os tipos de câmeras de filme que talvez possam interessá-lo.

Pinhole

Cookie Tin Pinhole

Este é o princípio mais rudimentar da fotografia: uma caixa, que serve de câmara escura, um pedaço de filme fotográfico, um pequeno furo para entrar a luz e uma fita adesiva como obturador (veremos em breve do que se trata, mas, a grosso modo, para tapar a luz).

Pinhole Self Portrait in a Cafe

Comumente, estas câmeras pinhole, que em bom português quer dizer "buraco de agulha", são câmeras caseiras, que qualquer um pode construir a sua própria com uma caixa de sapatos.
Existem tutoriais na internet para quem um dia quiser se arriscar a montar uma, mas vale lembrar que você terá de revelar o filme por si próprio, sem levar a um laboratório.

Pinhole: dinosaur

Já adianto que as fotos não ficam lá grande coisa, mas existem fotógrafos artísticos que utilizam apenas câmeas pinhole de fabricação própria.

Rangefinders

Leica M6 with Summilux 50/1.4 @ Samsung EX1

A primeira grande câmera rangefinder foi a Leica, que revolucionou o mundo da fotografia ao utilizar filme 35mm, que tornou as câmeras menores, mais discretas e mais populares.

Grand Central
(foto com um cópia russa de Leica: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/3926825827/)

Muitas outras marcas copiaram o layout simples e eficaz das Leicas, inclusive no bloco soviético, que produziu algumas das melhores réplicas de Leicas do mundo, e outra marca bastante reconhecida é a Voigtlander.

Behind Saint-Lazare Station - Paris 1932 by Henri Cartier-Bresson

(foto de Cartier-Bresson com Leica M3: http://www.flickr.com/photos/monkeyc/95207629/)

Uma Leica usada ainda é um equipamento caro, muitas vezes custando mais de 3 mil dólares.
Já as réplicas soviéticas (FED e Zorki) podem ser encontradas por uns 40 dólares no Ebay (e entregam no Brasil desde a Ucrânia).

Reflex de filme

Pentax K1000

Até hoje, marcas importantes com Canon e Nikon fabricam câmeras de filme. Alguns modelos são tão caros quanto câmeras digitais, mas existem opções ótimas e bastante em conta.
Utilizam filme 35mm, que podem ser relevados em qualquer laboratório fotográfico.

Empire State Building

Estudantes de fotografia apreciam particularmente a Pentax K1000, totalmente manual e mecânica, sem baterias, e muito confiável. É o tipo de câmera que dura a vida inteira e com qualidade consistente. Pode ser encontrada por menos de 100 dólares.
Canons e Nikons de filme custam um pouco mais e ainda tiram fotos inacreditáveis.

Formato Médio de filme

Mamiya C330

Como boa parte das câmeras de formato médio da Mamiya e Hasselblad são câmeras de filme adaptadas para digital, nada o impede de comprar uma e fotografar apenas com filme, o que custaria muito mais barato do que adquirir um fundo digital.

Cold Diffuser #Hasselblad

Só lembrando que estas são algumas das melhores câmeras existentes no planeta e capazes de tirar fotos icônicas.
Destas marcas é possível encontrar câmeras excelentes por 500 dólares, mas existem câmeras de formato médio boas e mais baratas, como das Pentax, ou como as TRL (twin lenses reflex, ou seja, com uma lente para a foto, e outra como visor) Rollei, Yashica, Kodak, Seagull, ou a russa Kiev 88, a partir de uns 100 dólares no Ebay.
Muitas deles usam filme 120, que só são relevados em laboratórios especializados.

Formato Grande

8x10 large-format camera

Estas são câmeras imensas, usadas para fotografar paisagens, como nas fotografias clássicas de Ansel Adams.


Não costumam ser baratas, além de não serem de fácil uso para um fotógrafo sem treinamento e definitivamente não são câmeras portáteis. O negativo fotográfico é imenso, só pode ser revelado em laboratórios especializados ou pelo próprio fotógrafo.

Lomografia

Lomo-Love

Nos últimos anos, tem ocorrido um revival de algumas câmeras de filme de qualidade inferior, com lentes de plástico, com vazamentos de luz e o lema dos usuários é: "clique, não pense!".

Supersampler

O ideal por detrás da Lomografia é usar a câmera quase como um brinquedo, de maneiras inusitadas e soltar a imaginação.
Algumas das câmeras de lomografia mais populares são as de formato médio Diana e Holga (ambas russas) com filme 120, e as de 35mm com múltiplas lentes ou com fisheye (uma lente que captura um ângulo 180º), além disto, eles tem restaurado outras câmeras de filme, como rangefinders russas e vendidas como câmera de lomografia.

supersampler

Um erro comum é confundir fotografia de filme com lomografia, o que é uma grande besteira. Lomografia é um conceito, fotografia de filme é uma tecnologia.

Supersamples in Washington Square

Você verá que os preços na loja oficial são quase absurdos. Se houver algum modelo que o interesse, procure depois no Ebay e peça para entregar em sua casa.

Site oficial da Lomogafia no Brasil
http://www.lomography.com.br/

Considerações finais
Fotografia de filme pode ser muito divertida e o obrigará a aprender técnicas novas. Ninguém é obrigado a fotografar com filme hoje em dia, mas quase todos os fotógrafos podem se beneficiar deste novo "velho" olhar.

Coleção de câmeras

E assim como qualquer coisa relacionada a fotografia, câmeras de filme também se tornam um vício...
O importante, na hora de escolher tanto uma câmera de filme quanto digital, é ir muito por sua intuição, se possível ver a câmera antes e até testá-la, e sentir quão confortável você se sente com ela.
Não adianta nada comprar uma câmera pesada demais para você, ou desconfortável, ou complexa demais.
Na fotografia, damos um passo de cada vez.



***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Legal,mas eu estou á procura da PRIMEIRA MÁQUINA EXISTENTE até a máquina dos dias de hj...Vou guardar esse site caso vc fique entereçado com a minha procura.
    OBG

    ResponderExcluir
  2. gostaria de saber de uma câmera que tivesse filme e com bateria recarregável que não seja AA

    ResponderExcluir
  3. Se você quer uma câmera de filme, porque não compra uma que não precisa de bateria, como uma Nikon FM10, ou outros modelos mais antigos, que são totalmente confiáveis que você poderá usar por muitos anos sem a necessidade de pilhas?

    ResponderExcluir
  4. Henry, saudação!

    Me chamo Edward, e gostaria de te fazer 2 questionamentos.

    Como sabemos as câmeras digitais têm vida útil limitada a 1k ou 1,5k nas semi pro. Pergunto o motivo, uma vez que afirmas que as máquinas analógicas tem vida "eterna",a depender claro do zelo. Em meu leigo entendimento, trata-se da vida útil do obturador, uma peça em comum nas duas vertentes.
    Como posso acondicionar de modo a não estragar uma máquina que ficará inativa por muito tempo, se guarda-la à vácuo não irá danificar mecanismos sensíveis tais como a cortina...


    Abração,
    Vc é gente que faz!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela visita, Edward.

    A expectativa de vida do obturador de uma Reflex semiprofissional é de uns 150 mil cliques, o que é bastante, pero no mucho...

    Agora, no caso das câmeras analógicas, é óbvio que elas também tem uma vida útil do obturador, das partes, a corrosão do tempo, e tudo isto que afeta o que está sobre a terra, no entanto, também sabemos que os equipamentos, e não apenas câmeras, mas tudo, como geladeiras, automóveis, eletrodomésticos, fabricados em outros tempos eram muito mais resistentes, duradouros e feitos para resistir o tempo.

    Hoje, uma camerazinha compacta mal dura dois anos, enquanto eu utilizo uma Ranfinder russa, fabricada em 1960+, que funciona perfeitamente sem nenhuma bateria e que já deve ter alguns milhares de cliques nas costas.

    As câmeras de filme também tem vida útil?

    Obviamente que sim, mas pelo fato de usarem filme, e sendo o filme caro, será muito mais improvável que você tire 150 mil cliques com elas, isto 4166 rolos de 36 poses (que se contarmos o preço do filme e da revelação custaria a bagatela de 83 mil reais) do que numa câmera digital.

    Isto é, a tendência é que uma câmera de filme dure muito mais do que quase todas as câmeras digitais do mercado, que se tornam obsoletas com uma rapidez incrível.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Henry,

    Edward,

    Entendi, é uma questão de dedo nervoso nas digitais. Quanto mais, melhor.
    Blz
    Faltou responder a questão 2, quanto ao armazenamento.

    Companheiro, sou nikon (d7000), pois então, acompanho os lançamentos desta marca, não entendi quando em post anterior, você falou que a d90 era câmera slr de entrada, uma vez que ela antecede hierarquicamente a d7000, máquina comparável a 7d, ou no pior dos casos a 60d

    Descobri seu blog ontem por acaso, recomendarei a todos!

    ResponderExcluir
  7. Você tem razão, a D90 estaria na linha semiprofissional da Nikon. Na verdade, acho toda esta numeração dos modelos da Nikon bastante confusa, pois eles DX000 para modelos introdutórios, DX0 para semiprofissionais, DX00 para profissionais e DX para os modelos top, ou algo semelhante.
    Como sou fotógrafo Canon, só acompanho mesmo os lançamentos desta marca e acho muito mais compreensível a numeração da Canon, com X00D para SRL intro, X0D para semi e XD para os profissionais, parece mais lógico para mim, mas tudo bem.

    Sobre armazenamento, sugere-se que o equipamento seja guardado num local sem muito calor, frio ou umidade, e imagino que estes efeitos devem ser piores em regiões litorâneas. Para ser bem sincero, não me preocupo muito com isto. Minhas câmeras ficam rodando pela minha mesa, mesinha de cabeceira, dentro da mochila, e por aí vão, e todas estão funcionando muito bem, obrigado. :D

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Edward,

    Henry,

    Felicido vc, por compartilhar seus conhecimentos, sua iniciativa melhora as fotos de muitos, inclusive as minhas!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tenho duas câmeras de filme super velhas que não faço a minima ideia de onde vieram e se servem para alguma coisa, será que vc não poderia dar uma olhada? meu e-mail é talitapicone@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Você tem a marca e o modelo delas. Geralmente estão indicados na parte da frente da câmera e, às vezes, no fundo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Henry, estou começando a fotografar e tenho orçamento apertado. Estou na dúvida quanto a comprar uma Cano T1i e lentes 50mm f1/8 ou entao uma Nikon d90. Voce poderia me aconselhar? A camera seria usada para tirar fotos de todos os tipo, desde viagens a retratos, ou seja, gostaria de começar com uma "pau pra toda obra".

    Tenho literamente fascínio pelo efeito desfocado no plano de fundo que uma SLR é capaz de fazer. Assim, para esse efeito e pensado que gostaria de uma camera abrangente, é mais recomendável uma lente 50mm ou 85mm? Aliás, é a lente ou a abertura do diafragma que proporciona esse efeito desfocado no 2o plano?

    Perguntei sobre os modelos de Nikon e Canon acima pois, comprando com fotos de blogs, as fotos da Nikon pareciam mais claras que da Canon. É verdade isso? Como não gosto de usar flash, estou pendendo para comprar uma Nikon (d90, pois creio que essa é uma boa opção para quem está começando com um orçamento apertado) e investir nas lentes.

    São muitas dúvidas! Rsrs
    Obrigada pela ajuda!!

    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A D90 é um modelo mais antigo, mas em termos de construção e qualidade é um pouco melhor do que a T1i, pois é outro nível de câmeras.
      Na Canon, o equivalente seria uma 40D ou 50D.

      O bokeh (o desfocado) é causado por uma combinação de abertura, distância focal e princípios de ótica. Dê uma lida em todos os artigos introdutórios, pois eu explico detalhadamente como isto funciona.

      Abraços.

      Excluir
  12. Gosto muito de fotografia de filme, tradicional, tenho muitas câmeras em casa... Mas com esta onda de câmeras digitais, as mudanças estão acontecendo muito rapidamente.
    Não sei que futuro espera para os fotógrafos. Ontem, estava andando na região onde trabalho, e nos locais onde haviam lojas de fotografia, fecharam, ou mudaram de ramo. Não revelam mais, a moda agora é tudo digital.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que em algumas capitais seja mais fácil encontrar locais para revelar filme, principalmente com a moda da lomografia.

      Isto que acho um pouco triste no modo como o brasileiro lida com a tecnologia, pois o advento de uma nova implica no desaparecimento completo da anterior. Nos EUA, qualquer farmácia revela filmes ou imprime fotos digitais. É fácil encontrar onde comprar filmes e ainda se vendem várias câmeras de filme, principalmente para estudantes.

      Em Buenos Aires também encontro vários lugares que revelam. É uma pena ver esta arte morrendo aos poucos. Mesmo assim, a era digital facilitou bastante a vida dos fotógrafos.

      Abraços.

      Excluir
  13. Henry, boa noite, Adquiri uma Pentax mz-m novinha e por um preço ínfimo, de um colega que ganhou e nunca fotografou. Pois bem, adorei a "bixinha", mas é o meu primeiro contato com a fotografia e de 72 cliques, apenas 15 ficaram bacanas e 25 delas, bem mais ou menos. Você algum comentário acerca das possibilidades ou tem dicas especiais para esta câmera a me fornecer? Seu livro digital abrange a fotografia analógica? Muito Obrigado e curti bastante seu blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniel.

      O livro do "Curso de introdução à fotografia do Cala a Boca e Clica!" ensina a usar as funções de uma câmera e a compor uma imagem. Estes princípios valem tanto para câmeras analógicas quanto digitais.

      Dê uma lida também no artigo sobre o Sol-16, talvez o ajude bastante

      http://www.calabocaeclica.com/2011/11/sol-16-ou-usando-seu-olho-para-medir.html

      Abraços.

      Excluir
  14. ola pessoal, gostei bastante da matéria, um apanhado bem abrangente e quanto a fotografia analógica, definitivamente é divertido, e a intimidade com os processos de produçao analógicos altera completamente o sentido e o modo de composição da fotografia.

    ResponderExcluir
  15. Olá Henry. Gosto de fotografar por hobby, porém estou querendo melhorar e fazer um cursinho para iniciantes. Antes quero comprar uma camera legal. O que você me diz desta: Câmera Digital DSLR D3100 (14.8MP) Lente Nikkor 18-55mm, Filma em Full HD, LCD de 3" e Bateria Recarregável - Nikon
    Obrigada,
    Beany

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso uma D3100 e achei ótimo para começar, da pra fazer quase tudo com ela, so faz falta os modos bracketing pra possibilitar fazer alguns tipos de foto com HDR... de resto achei uma ótima câmera. Mas da sempre a duvida entre a Canon e Nikon, optei pela nikon por ser mais leve (experimentei uma canon semelhante e fiquei com dor no pulso depois de alguns minutos brincando, mas isso é limitação minha), ela da uma sensação de ser mais fragil. Duas otimas pedidas (e bem em conta) são as lentes 55-200mm(da uma ampliação bem legal) com VR e a de 35mm 1.8F (para fotos a noite, pra vc nao ter que usar um isso alto que no caso da D3100 gera um ruido bem representativo)

      Excluir
  16. Uma coisa que não entendi das rangefinders, como faz pra focar se agente não vê o que aparece na lente?

    Valeu!

    ResponderExcluir