domingo, 24 de abril de 2011

Introdução à Fotografia 6 - Profundidade de campo e foco

Metropolitan Museum
(Lente 50mm, 1/250 f/1.4 ISO 200, pequena profundidade de campo com poucos elementos em foco. Foto: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/4314437020)

Agora que você já sabe como controlar a abertura de diafragma, vamos aprender qual é sua relação com a profundidade de campo (depth of field) de uma fotografia.

Por um efeito de ótica, quanto maior a abertura de sua lente, mais elementos de sua foto ficarão fora de foco, enquanto que quanto menor for a abertura, mais elementos da foto ficarão em foco.

As lentes de câmeras compactas geralmente possuem aberturas de diafragma muito estreitas, por isto as fotos tendem a ter tanto o primeiro quanto o segundo plano bastante nítidos.
Enquanto que isto é ótimo em fotos de paisagens, nas quais você deseja mostrar claramente todos os elementos visíveis, em retratos pode ser um pouco desinteressante e distrair a atenção de quem vê a foto.

Controlando o foco
Antes de tudo, você precisa determinar o foco de sua lente, isto é feito automaticamente (autofocus) em várias câmeras compactas e em Reflex, mas também pode ser controlado manualmente (manual focus) em compactas avançadas e nas câmeras profissionais (geralmente puxando um botão no corpo da lente).

Autofoco 9 pontos
(Autofoco automático numa câmera Reflex, a câmera seleciona um dos 9 pontos de foco do quadro)

O foco automático costuma ser bastante confiável, na maioria dos casos. Ele funciona avaliando o contraste da foto e seleciona automaticamente o elemento que mais chama atenção, ou que esteja mais próximo da câmera, outra opção é você selecionar na sua câmera quais pontos do quadro deverão estar em foco.

Autofoco 1 ponto
(Seleção de um dos pontos de foco numa câmera Reflex, o foco estará no ponto escolhido)

Para mim, funciona melhor quando eu programo a câmera para focalizar sempre no centro do quadro.
Por exemplo, se eu estou fotografando uma pessoa e quero mostrar a paisagem no fundo, eu foco primeiro no rosto da pessoa pressionando parcialmente o botão do obturador, e sem soltá-lo, recomponho o quadro e termino de pressionar o botão para tirar a foto.

Autofoco, lente Reflex
(Lente de uma câmera Reflex, o botão de foco manual fica no corpo da lente, e o anel do foco na parte dianteira)

Manualmente, é só girar o anel do foco na lente até que o elemento desejado esteja nítido no visor. É particularmente útil em situações com pouco contraste, em imagens muito escuras ou muito claras, quando o autofoco tem dificuldades para funcionar.

Já foco em infinito (∞) é quando você quer que todos os planos do quadro estejam igualmente nítidos.

Por fim, a distância mínima para que um objeto esteja em foco dependerá da lente e de sua distância focal: com grande-angulares, é possível aproximar-se mais do objeto, com telefotos, se o fotógrafo se aproximar muito do objeto, a lente não conseguirá obter um foco adequado.

Profundidade de campo
A profundidade de campo, isto é, a quantidade de elementos em sua foto que estão em foco, dependerá de vários fatores: abertura de diafragma, distância focal da lente, proximidade da câmera do primeiro plano, e a distância entre o primeiro plano e o segundo plano.

Javier, na Plaza de Armas de Santiago
 (Lente 18-55mm, 1/200 f/4.5 ISO 100, o primeiro plano em foco, o segundo plano desfocado. Foto: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/5354972493/)

A profundidade de campo será menor, ou seja, menos elementos da foto estarão em foco quando a abertura de diafragma for grande (f/2.6, por exemplo), quando o objeto fotografado estiver mais próximo da câmera, quando o segundo plano estiver longe do primeiro plano (uma pessoa perto da câmera no primeiro plano, e montanhas no segundo plano) e/ou com lentes telefoto.

Brooklyn Bridge
(lente 50mm, 1/640 f/9 ISO 160, tanto o primeiro plano quanto o segundo estão em foco. Foto: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/5391221589/)

A profundidade de campo será maior, ou seja, mais elementos da foto estarão em foco quando a abertura de diafragma for pequena (f/8, por exemplo), quando o objeto fotografado estiver mais distante da câmera, quando o segundo plano estiver próximo do primeiro plano (uma pessoa logo atrás da outra) e/ou com lentes grande-angulares.

Uso criativo da profundidade de campo
Acredito que o mais interessante da profundidade de campo é a sensação de tridimensionalidade que ela pode dar à foto, principalmente em se tratando de retratos.

Catedral Metropolitana de Santiago, Chile
(Lente 18-55mm, 1/250 f/8 ISO 100, todos os elementos estão em foco. Foto: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/5355551446/)

Via de regra, paisagens, fotos panorâmicas de cidades, retratos de família, costumam ter mais elementos em foco, ou seja, maior profundidade de campo, para que tudo tenha a mesma hierarquia de importância.

Indycar at Macy's
(Pouca profundade de campo com lente telefoto de 70-200mm, 1/125 f/4 ISO 250. Foto: http://www.flickr.com/photos/henrybugalho/4690104122/)

Já retratos, fotografia macro (de objetos pequenos), de detalhes, de objetos, podem ter menos elementos em foco, para salientar o sujeito principal da foto, destacando-o do segundo plano.

Mas nada impede que você experimente com a profundidade de campo e descubra o que lhe agrada mais.

Exercícios práticos

1 - Utilizando os conhecimentos já adquiridos de ISO, velocidade do obturador e abertura de diafragma, tire duas fotos em Modo Manual (M):

a - uma de um objeto ou pessoa em foco perto da câmera, com um segundo plano distante, com uma abertura de diafragma grande (f/3.5 ou maior);

b - uma de um objeto ou pessoa em foco perto da câmera, com um segundo plano distante, com uma abertura de diafragma pequena (f/8 ou menor).

Percebe a diferença na profundidade de campo?

2 - tire outras duas fotos em Modo Manual (M):

a - uma de um objeto ou pessoa em foco longe da câmera com uma abertura de diafragma grande (f/3.5 ou maior);

b - uma de um objeto ou pessoa em foco longe da câmera com uma abertura de diafragma pequena (f/8 ou menor).

Nota alguma diferença entre estas duas fotos?

3 - Por fim, saia com sua câmera e realize vários experimentos de profundidade de campo (depth of field), alternando entre fotos com aberturas grandes e pequenas, entre fotos de objetos pertos e distantes, com lentes telefoto e grande-angulares, e compartilhe conosco os resultados.

Não deixe também de expressar suas dúvidas e conclusões.

http://www.flickr.com/groups/calabocaeclica/



***

Gostou deste artigo?


A melhor referência para quem deseja aprender a tirar fotos melhores.

  1. Adorando as dicas!!! Precisava aprender a mexer na minha câmera nova e estava com preguiça de ler o manual, coisa chata... Aqui estou aprendendo muito!!! Obrigada por compartilhar seus conhecimentos com a gente!!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vocês está gostando dos artigos, Andrea.

    Infelizmente, por mais chato que seja, ler o manual da câmera é imprescindível, pois ele não vai ensiná-lo a fotografar, mas sim a como utilizar os comandos específicos do seu equipamento, que podem ser muito diferentes dos de câmeras de outros modelos ou marcas.

    Abraços e conto com sua participação.

    ResponderExcluir
  3. Não paro de ler o manual da minha e eu ainda nem a comprei!kkkk Henry, vc usou filtro nas fotos de paisagem?Os recomenda além do uso para proteção?

    ResponderExcluir
  4. Só uso o UV, Claude, que é muito importante para proteger a lente.

    Talvez você queira comprar um filtro pollarizer, para deixar o céu mais azulado, mas faz muito tempo que não utilizo um, prefiro controlar a saturação da foto no pós-processamento.

    ResponderExcluir
  5. Muito boas as dicas.. Eu tb tenho uma certa preguiça de ler manuais, pois acho muito teórico pra quem não entende muito.. Aqui estou conseguindo entender como funciona cada parte da câmera... Ótimo!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tou adorando suas dicas e anotando tudo. Mas confesso que ainda estou um pouco confusa. Se eu quiser tirar uma fotografia em que tudo esteja nítido, mas está um pouco escuro e não quero ruídos na minha imagem, o que deveria ajustar? Obrigada!

    Mel

    ResponderExcluir
  7. Ih, Mel! Não se pode ter tudo na vida!

    Quanto menos luz, maior terá de ser sua abertura, portanto menor a profundidade de campo, maior terá de ser ISO, portanto, maior o ruído digital, e mais lento terá de ser a velocidade do obturador, portanto, pode ficar borrada.

    Você terá de sacrificar alguma coisa, mais ISO, mais abertura, ou obturador mais lento, tudo não dá!

    A não ser que você tenha um ótimo flash e o rebata no teto ou na parede, iluminando todo o ambiente, então você pode obter o que deseja. Ou comprar uma destas câmeras que chegam a ISO 300 mil, que até em iso 3200 tira fotos sem ruído algum. Isto ajuda, mas sai caro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Haha! Seria perfeito se pudesse acontecer. Mas obrigada pela dica!
    Mel

    ResponderExcluir
  9. olá sou léo adoro fotografar e pretendo mi especificar mais ainda ñ tenho a camera, gostaria de uma dicas para poder comprar uma camera e lente ideais.pois gosto de fotografar ruas,paisagens,pessoas. obrigado

    ResponderExcluir
  10. Oi, Léo.

    Dê uma lida nos posts sobre câmeras, que talvez possa ajudá-lo. Há muita coisa sobre isto, particularmente nos comentários.

    http://www.calabocaeclica.com/2011/04/qual-e-melhor-camera-fotografica-parte.html

    http://www.calabocaeclica.com/2011/04/qual-e-melhor-camera-fotografica-parte_08.html

    http://www.calabocaeclica.com/2011/10/entao-voce-decidiu-comprar-uma-camera.html

    http://www.calabocaeclica.com/2011/09/nikon-versus-canon-qual-e-melhor-marca.html

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. oi, eu sou iniciante e queria saber como faz pra ter um bokeh legal com a lnte 18-55... bem definido e não totalmente embaçado, se é que me entende... procurei tutos mas não achei, você poderia fazer um tuto assim aqui? agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline.

      Vou escrever em breve um artigo mais detalhado sobre bokeh, então lhe peço um pouquinho de paciência.

      Abraços.

      Excluir
  12. agradeço! acompanho sempre aqui e aprendi muito! espero que continue ensinando mais, tá sendo de muuuuuito proveito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Aline, e continue acompanhando as próximas dicas. Abraços.

      Excluir
  13. Oi acho que estou atrasada aqui, mas acabei descobrindo o blog só agora em junho, e queria falar que minha câmera não é tão boa e o ajuste dela é F 3.0 - 6.6, só que eu coloco no minimo f3.0 não foca no objeto a frente e sim no objeto ao fundo. Tem algo que posso configurar ? Pra ser sincera não tentei mexer em nada pra resolver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda.

      Algumas lentes tem uma distância mínima para foco, ou seja, se você estiver muito perto do primeiro-plano, talvez não consiga focar.
      Além disto, se houver a possibilidade de foco manual, também ajuda.

      Abraços.

      Excluir
  14. Descobri seu blog agora e estou simplesmente amando!!! É sensacional, um curso de fotografia online!!! O que me deixa mais entusiasmada é que algumas coisas eu já tinha aprendido por conta própria fuçando minha câmera e lendo a respeito em outros sites, e dando uma revisada aqui, onde tudo está muito bem explicado, vi que estava indo pelo caminho certo!!! Aos poucos vou dando uma olhada em todo o conteúdo, obrigada por todas as dicas! Abraço!!

    ResponderExcluir
  15. Excelente publicação, texto de fácil compreensão e exemplos claros. Parabéns.

    ResponderExcluir
  16. Show de bola seu blog. Obrigado por partilhar de forma tão didática e objetiva. Está ajudando muito.
    Abraço.
    Charles Vasconcelos.

    ResponderExcluir